Ex-diretor do Multishow é detido por suspeita de aplicar golpe em hotéis de luxo

O ex-diretor do programa ‘Vai que Cola’, do Multishow, Aaron Salles Torres, foi detido no Rio de Janeiro por suspeita de usar cartões de crédito clonados para pagar hospedagens em hotéis de luxo da cidade. O namorado dele, Jhony de Souza Oliveira, também foi detido.

Conforme informações da revista Época, o casal estaria sendo investigado pela Polícia Civil do RJ desde o início deste ano, por suspeita de aplicar um golpe em um hotel cinco estrelas. De acordo com as investigações, eles teriam se hospedado no local durante o último Réveillon. As diárias do hotel giram em torno de R$ 1.500.

Ainda segundo a publicação, Aaron e Jhony teriam sido abordados pela polícia no momento em que faziam check-in em outra unidade da mesma rede, em Santa Teresa. Eles estariam com cartões falsos e teriam utilizado dados de outras pessoas.

A delegada que investiga o caso, Natacha Oliveira, informou à revista que o casal irá responder por estelionato e organização criminosa. Outros suspeitos de integrar o esquema também são investigados. Em depoimento, Aaron e Jhony negaram as acusações.

*Bahia.Ba