Homem é condenado a indenizar ex após divulgar fotos íntimas e anunciá-la como prostituta

Foto: Reprodução

Um homem, que não teve o nome divulgado, foi condenado no início de fevereiro por divulgar fotos íntimas da ex-namorada na internet e anunciá-la como prostituta. Conforme determinação do colegiado de desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO), ele terá que pagar R$ 50 mil em indenização para vítima. O caso aconteceu em Goiânia.

De acordo com o processo, ele tomou essas atitudes após o fim da relação no ano de 2016. A vítima, que estava grávida dele, precisou mudar de profissão e de residência por constrangimento. Familiares e amigos dela receberam as imagens.

O relator, Delintro Belo de Almeida Filho, concluiu que houve dano moral à vítima.

“Pode-se concluir que as ameaças proferidas pelo requerido/apelado, a partir do seu telefone, conforme prova pericial coincidem com aquelas publicadas, que causaram dor e sofrimento psicológico e emocional à autora/apelante, que autorizam concluir pela certeza da autoria e pela existência do nexo de causalidade apontados na inicial”.

Ainda cabe recurso da decisão tomada por colegiado do TJ-GO.

Segundo dados do processo, a vítima já havia sido agredida física e verbalmente durante a relação deles. Além disso, com o fim da relação, que durou cerca de um ano, o suspeito teria forçado a vítima sair de casa e feito ameaças antes de publicar as fotos.

*Ibahia com informações do G1