Mulher tem casa invadida e sofre tentativa de assédio enquanto gravava vídeo dançando; assista

Reprodução/Facebook Angela

A enfermeira Angela Gonçalves teve sua casa invadida e sofreu uma tentativa de assédio enquanto gravava um vídeo dançando em Paranaguá, Paraná, na última sexta-feira (19). Angela expulsa o desconhecido de sua propriedade com tapas e empurrões.

No vídeo, é possível ver que enquanto Angela Maria Gonçalves estava na sala, o homem fica algum tempo a monitorando, de longe. A enfermeira conseguiu expulsar o homem do local, onde ela estava com a filha de 11 anos, e registou um boletim de ocorrência na delegacia.

A vítima realizou uma postagem na rede social alertando outras mulheres.

“Se o instinto fosse de medo, ele com certeza teria me contido sem poder medir força, e o pior poderia ter acontecido. Estávamos na casa eu e minha filha de 11 anos! Se o portão estivesse trancado, ele teria pulado! Talvez, naquele momento, poderia ser pior ainda, porque ele não fugiria na forma que correu, ele me bateria. Deus me guarda em todos os momentos”, afirmou.