Chefe é preso suspeito de filmar funcionárias no banheiro

Peritos da Polícia Civil encontraram três câmeras instaladas no banheiro feminino. — Foto: Redes Sociais/Reprodução

O dono de uma lava a jato foi preso nesta segunda-feira (8) suspeito de instalar três câmeras para filmar as funcionárias no banheiro feminino em Belo Horizonte (MG). Os objetos foram encontrados por uma funcionária, que chamou a polícia. As informações são do G1.

O homem foi preso no local.  Ao todo, 12 funcionárias foram ouvidas pelos policiais. Elas afirmaram que vinham sofrendo assédio do patrão, e passaram a desconfiar após ele comentar sobre a cor das peças íntimas que elas vestiam para ir trabalhar. A esposa do suspeito o agrediu ao descobrir o crime.

ibahia