Doria avalia fechamento de todo o estado de SP nesta semana

Pressionado pelo Centro de Contingência e pelos indicadores que apontam aumento de casos e internações no estado, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), avalia anunciar já nesta quarta-feira (3) a migração de todo o estado para a fase vermelha do Plano São Paulo, a fase com restrição total a comércios e serviços não essenciais.

Auxiliares do governador dão como certo o anúncio, apesar de ressaltarem que ainda haverá reuniões com o Centro de Contingência nesta terça-feira (2) e amanhã pela manhã para bater o martelo sob a ótica sanitária.

Uma outra reunião, que começará às 17h de hoje, terá o objetivo de pegar a temperatura política da medida: o governador se reunirá com todos os prefeitos do estado por videoconferência. Muitos resistem à ideia.

No Palácio dos Bandeirantes, algumas dúvidas ainda persistem sobre o formato. A primeira é quando começar: se já na quinta-feira (4), ou se é melhor preparar o estado em um ou dois dias para começar, por exemplo, no sábado (6).

Duas questões internas têm sido debatidas no governo paulista. Uma é a resistência do secretário de Educação, Rossieli Soares, a fechar as escolas.

Outra é até que ponto a Polícia Militar embarcaria na ideia, tendo em vista que a instituição é considerada apoiadora da linha defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na pandemia. Não há dúvidas, porém, sobre como tratar o assunto: Doria quer evitar usar o termo “lockdown”.

Fonte: CNN