Maior fabricante de cimento do mundo vai deixar o Brasil

A fabricante de cimentos LafargeHolcim vai deixar o Brasil, segundo informou a agência Bloomberg. Considerada
a maior do mundo no segmento, a empresa franco-suiça contratou o Banco Itaú BBA para assessoria a venda da operação no mercado brasileiro.

O motivo da venda seria uma estratégia para diminuir o endividamento, cortando ativos fora da Europa. A venda das fábricas no Brasil podem render cerca de US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 8,5 bilhão).Com 1, 4 mil funcionários no pais, de um total de 90 mil em todo o mundo, a LafargeHolcim conta com indústrias nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil, onde é uma das maiores em atividade.

Mesmo com o cenário de incertezas geradas pela pandemia, o mercado brasileiro é tido como promissor, já que a construção civil está em alta. A fabricante franco-suiça já havia vendido ativos no Brasil, junto a mais unidades em outros países, para o grupo irlandês CRH, para visando cumprir com exigências concorrenciais.

*Bahia.Ba