Ciro Nogueira se decide e assume a Casa Civil; sua mãe assume a vaga no Senado

(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas, disse sim ao convite de Jair Bolsonaro par que assumisse a Casa Civil. A intenção de fazer mudanças no Ministério foi declarada hoje, por Jair Bolsonaro, em entrevista a uma rádio. Ciro Nogueira está fora do Brasil, mas já mandou avisar que ‘sim’, comunicando outros líderes do Centrão.

A confirmação do aceite foi dada por Igor Gadelha, em sua coluna do Metrópoles. Diz o articulista que três aliados de Nogueira confirmaram o aceite, entre eles Ricardo Barros, líder do governo na Câmara e extremamente citado na CPI da Covid.

Segundo o articulista, desde antes do recesso as tratativas já vinham sendo feitas. Começaram com reuniões, em Brasília, e sendo concluídas por telefone.

Ao deixar o Senado para assumir a Casa Civil, Ciro Nogueira deixa sua mãe na vaga. Eliane Nogueira, também do PP, é a primeira suplente do filho e assumirá o mandato de senadora enquanto Ciro estiver às voltas com o ministério.

 

GGN