Lula planeja novo Bolsa Família com bônus para mães negras

Lula planeja novo Bolsa Família com bônus para mães negras
Foto: Jefferson Peixoto/Secom PMS

Em um eventual terceiro governo, o ex-presidente Lula (PT) pretende apresentar um Programa Bolsa Família reformulado.  Estudos em curso na Fundação Perseu Abramo, braço acadêmico do PT responsável pela plataforma do candidato, preveem a substituição do principal projeto social de Bolsonaro, o Auxílio Brasil, por um Bolsa Família ampliado, incorporando as 1 milhão de famílias que estão na fila de inscrição e a volta de valores adicionais por tamanho de família e grau de miséria. Dentre as opções, há estudos para que mães negras recebam um adicional extra, parte de um apolítica nacional de ações afirmativas raciais prevista no programa Lula.

“O programa do governo Bolsonaro é mal desenhado e mal-executado. Uma família em condições de miséria com cinco filhos recebe o mesmo que um casal com um filho em situação melhor”, compara a economista e ex-ministra Tereza Campelo em conversa com o site Poder360, uma das coordenadoras do programa social do PT. Ressaltado não falar em nome de Lula, Campello afirma que o combate à fome e extrema miséria devem ser prioridades do próximo governo.

A campanha de Lula deve anunciar nas próximas semanas a volta do Bolsa Família como uma das bandeiras da campanha eleitoral. A maior parte dos pontos do programa já estava em vigor nos governos Lula e Dilma Rousseff

“O primeiro passo é reconstruir o cadastro único, incluindo mais famílias entre os beneficiários. O governo Bolsonaro acabou com o cadastro único, que era a chave para saber quais as necessidades de cada família beneficiada. Eles substituíram o cadastro por um aplicativo quando lançaram o Auxílio Emergencial (em 2020, na pandemia), mas quando extinguiram o programa no ano passado não haviam coletado informação dos inscritos”, diz Campello

Fonte: Bahia.ba