Sem Ciro Gomes, Lula seria eleito no 1º turno, aponta pesquisa Quaest

Sem Ciro Gomes, Lula seria eleito no 1º turno, aponta pesquisa Quaest
Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria a eleição em primeiro turno em uma disputa sem Ciro Gomes, segundo apontou a pesquisa feita pela Quaest e encomendada pela Genial Investimentos, divulgada nesta quarta-feira (11). O levantamento aventou dois cenários sem o pedetista, com Lula marcando 50% e 51% das intenções de vot0.

No primeiro cenário estimulado sem Ciro Gomes, Lula (PT) tem 50%; Jair Bolsonaro (PL), 33%; João Doria (PSDB), 5%; branco, nulo ou eleitores que não vão votar, 9%; indecisos, 3%. Nesse cenário, também foram retirados os candidatos André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB), Felipe D’Ávila (Novo) e Luciano Bivar (União Brasil).

Em um segundo cenário sem Ciro e também sem Doria, Lula tem 51%; Bolsonaro, 33%; Simone Tebet, 4%; branco, nulo ou eleitores que não vão votar, 9%; indecisos, 3%.

Já no cenário com o maior número de candidatos, o ex-presidente Lula aparece à frente, com 46% das intenções de voto e é seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 29%. Na sequência aparecem Ciro Gomes (PDT), com 7%; João Doria (PSDB) e André Janones (Avante) com 3%; e Simone Tebet (MDB) e Felipe d’Avila (Novo), com 1%. Luciano Bivar (União Brasil) não pontuou. Os que dizem que irão votar em branco, anular ou deixar de votar somam 6%. A proporção dos indecisos é de 3%.

A pesquisa fez 2 mil entrevistas pessoais com brasileiros a partir de 16 anos entre 5 a 8 de maio. O nível de confiança é de 95%. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01603/2022.

Fonte: Bahia Notícias