Bolsonaro atribui queda na Bolsa à soltura do ex-presidente Lula

 

Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) atribuiu neste domingo (10) as oscilações da Bolsa de Valores à soltura do ex-presidente Lula (PT). A declaração ocorreu por meio de publicação em sua conta oficial no Twitter.

“Bolsa de valores bateu mais um recorde. Confiança no Brasil em alta e crescendo! Dever de casa sendo cumprido e temos que desfazer ainda muitos estragos! As oscilações ocorreram devido a soltura de corruptos presos como o presidiário Lula. Vamos adiante!”, escreveu.

Na quinta última (7), o Ibovespa atingiu máxima histórica, fechando com 109.580,57 pontos, uma alta superior a 1,1%, impulsionado pelo cenário externo favorável.

Já na sexta (8), dia em que Lula foi solto após mudança no entendimento do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre prisão após condenação em segunda instância, o índice voltou a cair.

A postagem deste domingo foi a primeira em que Bolsonaro, publicamente, citou nominalmente o ex-presidente Lula desde a sua soltura.

No sábado, ele escreveu que não responderia a “criminosos que por ora estão soltos” e pediu aos “amantes da liberdade e do bem” que não deem “munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa”, sem mencionar nenhum nome de adversário político. Com informações do Estadão.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *