Sindicato de Bancários da Bahia e Fenaban não chegam a acordo sobre feriados

Depois de mais de três horas de reunião, realizada por videoconferência, neste sábado (23), não houve acordo entre a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e sindicatos de bancários da Bahia em relação ao funcionamento das agências na próxima segunda, terça e quarta (25, 26 e 27/05). As entidades reivindicam o cumprimento dos decretos estadual e municipal, que anteciparam feriados para os dias citados, com o objetivo de reduzir a taxa de contágio do coronavírus.

Os bancos alegaram que têm milhares de pessoas aguardando para receber os benefícios sociais. Por isto, querem abrir somente para a realização destes pagamentos, com a presença de menos de 30% dos funcionários. De acordo com as empresas, o critério seria por adesão, desde que houvesse um quantitativo mínimo para assegurar que os benefícios sejam pagos em cada unidade.
A Prefeitura de Salvador atualizou o decreto, neste sábado, autorizando a abertura das agências da Caixa na segunda, terça e quarta-feira (25, 26 e 27/05). Vale ressaltar que os decretos foram publicados de última hora.

Como não houve nenhuma preparação, os sindicatos demostraram preocupação sobre o atendimento na quinta-feira (28), que será represado destes três dias e podem levar uma multidão para as agências. Foram cobradas alternativas e o SBBA sugeriu o reescalonamento do pagamento do Bolsa Família, das aposentadorias e do auxílio emergencial. Mas, os bancos alegam que não é possível porque as datas são definidas pelo governo federal.

“Sabemos do nosso papel nesse momento de crise. Queremos atender bem a população, mas exigimos respeito aos direitos dos trabalhadores. Nós bancários, vigilantes e prestadores estamos sobrecarregados, com jornadas exaustivas, sendo cobrados inclusive por metas. Já há vários casos de contaminação nas agências. E no momento do feriado sequer poderemos descansar? Vamos cobrar do governo do estado e das prefeituras que fiscalizem o cumprimento dos decretos”, afirma o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos.

Haverá nova tentativa de diálogo no domingo (24). A Fenaban vai tentar obter autorização do Poder Público para o funcionamento das agências. O Sindicato está atento e trabalhando em regime de plantão. Se algum bancário estiver se sentindo ameaçado, deve entrar em contato com a entidade.