Nota de R$ 200: associação de cegos critica nova cédula com tamanho igual à de R$ 20

A nova nota de R$ 200 já estreou com reclamações. Os cegos ficarão impedidos de identificar a cédula pelo tato, uma vez que ela tem o mesmo tamanho da nota de R$ 20. O Banco Central disse que o dinheiro tem uma marca tátil, com três barras em alto-relevo no canto inferior direito de sua frente.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “o recurso também é usado em outras notas, mas sempre aliado à diferença no tamanho do papel.”

Alberto Pereira, presidente da ONCB (Organização Nacional de Cegos do Brasil) diz: “abandonar um dos sinais sensoriais é um retrocesso (…) A diferenciação da nota por suas dimensões e pelas marcas táteis são recursos complementares, e o lançamento da cédula sem tamanho diferenciado reduz a autonomia de quem tem deficiência visual.”

Desde o lançamento da 2ª Família do Real, as cédulas têm tamanhos diferentes para auxiliar a diferenciação por parte de deficientes visuais. Com o mesmo tamanho da nota de R$ 20, a nova cédula de R$ 200 gera confusão apesar das medidas de acessibilidade adotadas pelo BC.

A ONCB pretende acionar o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade) e deputados federais parceiros da causa para que as próximas séries da nota de R$ 200 tenham melhores mecanismos de acessibilidade.