‘Acordos políticos têm que caber nos orçamentos públicos’, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu, ontem (30), a importância de os acordos políticos respeitarem as limitações fiscais.

“Nosso apelo final é justamente que os acordos políticos têm que caber nos orçamentos públicos. A essência da política é fazer a alocação de recursos. Nosso compromisso é com a saúde e com a responsabilidade fiscal”, disse Guedes durante live para comentar os dados do emprego formal.

Guedes criticou a decisão do Congresso de retirar da PEC Emergencial cláusula que previa a possibilidade do acionamento de regras mais flexíveis para as despesas públicas com a determinação do estado de calamidade pública.

*M1