O que acontece com a minha dívida após 5 anos?

Foto: reprodução

Num cenário de crise e desemprego, muitos podem se perguntar o que acontece com a dívida após 5 anos. A dívida caduca? Ainda preciso pagar a dívida após 5 anos? Como fica o meu score? Outros ainda, mais seguros, afirmam que vão esperar o 5 anos para se livrar da dívida de uma vez por todas. Porém, não é bem assim.

Para se ter uma ideia em todo o país são mais de 62 milhões de inadimplentes e 213 milhões de dívidas ativas. O que mostra um cenário preocupante. E para quem se pergunta se “a dívida some após 5 anos?”, saiba que a resposta é não.

Não existe passe de mágica e a fada madrinha da dívida que atua a cada cinco anos. Deixemos os contos de fadas para Disney e vejamos abaixo sobre o que realmente acontece com a dívida após 5 anos.

O que acontece com a minha dívida após 5 anos? 

Sem mágicas, a sua dívida vai continuar existindo no mercado e você ainda irá precisar pagá-la. O que acontece com a dívida após 5 anos é que ela “caduca” como diriam popularmente.

E caducar significa de maneira prática que o seu nome saíra da lista de inadimplentes do SPC/Serasa e de outros birôs de crédito. Este prazo de dívida após 5 anos também pode fazer o seu score aumentar, uma vez que seu nome não estará mais sujo.

Mas como nem tudo são flores, é importante lembrar que mesmo que com a dívida após 5 anos, ainda será possível consultá-la no Registrato.

Sim, não há como fugir. O Registrato é uma ferramenta do banco Central e trás uma série de informações sobre sua vida financeira, incluindo a sua dívidas após 5 anos.

Devo pagar minha dívida após 5 anos?

Como já dito, você deve sim pagar sua dívida após cinco anos. Como muitos acreditam a dívida não some. Você continua devendo, a diferença é que seu nome não pode mais ficar mais sujo por conta daquela dívida.

Mesmo assim, é possível que você encontre dificuldades para conseguir crédito e juros baixos. Isso porque a existência de dívidas é avaliada com maior risco na hora de te oferecer um empréstimo, cartão de crédito ou financiamento, por exemplo.

Como regularizar a dívida?

Para regularizar a dívida você deve entrar em contato com o banco ou empresa no qual possuí valores a pagar. O Serasa também realiza frequentemente parceria com empresas e lança o “Serasa Limpa Nome”.

Seja por um dos dois métodos, basta fazer um acordo. Geralmente há acordos variados, que podem ser parcelados ou a vista. Dependendo, também é possível conseguir descontos, tudo isso vai depender da negociação e das condições disponíveis para você.

Por fim, não se esqueça: a dívida não deixa de existir após 5 anos. Pelo contrário, é preciso colocar as contas em dia e correr atrás do prejuízo.

Notícias Concursos