Saiba como receber seguro-desemprego em conta digital no Caixa Tem

Entre as diferentes maneiras de receber o seguro-desemprego está o depósito em poupança social digital. Dessa forma, o trabalhador que foi demitido sem justa causa e não indicar uma conta bancária no momento do requerimento, pode receber seguro-desemprego em conta digital no Caixa Tem. A conta é aberta de modo automático e o cidadão tem a opção de transferir o dinheiro após o recebimento.

O aplicativo Caixa Tem permite o acesso à poupança social digital e oferece alguns serviços para movimentar o dinheiro. Além do seguro-desemprego, essa conta também é usada para o pagamento do auxílio emergencial, abono salarial do PIS e Bolsa Família.
Quem pode receber o seguro-desemprego?
De modo geral, o trabalhador com carteira assinada que é demitido sem justa causa tem direito a receber o seguro-desemprego, o mesmo ocorre com o empregado doméstico. São devidas de três a cinco parcelas.

Entre as regras, o trabalhador deve estar desempregado no momento do requerimento e não possuir renda própria para o seu sustento e de sua família. Bem como, não estar recebendo benefício previdenciário, com exceção de pensão por morte e auxílio-acidente.

Também pode receber o dinheiro, o trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional. Além do pescador profissional durante o período do defeso e o trabalhador resgatado da condição semelhante à de escravo.

Em qual conta cai o seguro-desemprego?
O trabalhador dispensado sem justa causa recebe o seu seguro-desemprego na conta que informou no momento de dar entrada no benefício.

Além disso, também pode receber o dinheiro por meio de crédito em conta da Caixa Econômica Federal selecionada de modo automático. Ou ainda ter o depósito do seguro-desemprego em conta digital, na poupança social digital que pode ser acessada pelo aplicativo Caixa Tem.

Como receber seguro-desemprego em conta digital no Caixa Tem?
Nota-se que, o seguro-desemprego em conta digital no Caixa Tem será destinado para os trabalhadores que não indicarem uma conta bancária no momento do requerimento. Assim como, que não tenha outro tipo de conta na Caixa.

Para esse grupo, a poupança social digital será aberta de modo automático e gratuito. Ao passo que o cidadão não precisa apresentar documentos e nem ir até uma agência do banco.

Já os trabalhadores que não indicarem uma conta ao dar entrada no benefício, mas possuem outro tipo de conta na Caixa, devem receber o dinheiro por meio dela.

Ademais, nas situações em que o benefício não puder ser creditado em conta já existente ou em poupança social digital, o cidadão poderá efetuar o saque com o seu Cartão do Cidadão e senha. Isso pode ser feito em caixa eletrônico, lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e agências do banco.

Como transferir o dinheiro do Caixa Tem?
Ao receber o seguro-desemprego em conta digital no Caixa Tem, o trabalhador tem a possibilidade de transferir o dinheiro para outra conta.

Para isso, deve primeiro baixar o aplicativo Caixa Tem e efetuar um cadastro. Depois, efetuar o login com CPF e senha, e já na tela inicial clicar na opção de “Transferir dinheiro”. O próximo passo é escolher entre “Digitar Agência/Conta”, “Ler QR Code” e “Transferir para favorito”.

Por fim, é preciso informar para qual banco será feita a transferência, como a agência, número da conta e valor. Para confirmar o procedimento, o trabalhador deve digitar a senha do aplicativo.

Além de transferir a parcela do seguro-desemprego pelo Caixa Tem, o cidadão pode movimentar os valores de outras maneiras. O aplicativo permite fazer pagamentos de boletos e contas domésticas, assim como compras online com uso do Cartão de Débito Virtual. Pode-se também fazer compras no comércio por meio de um QR Code e gerar código para saques sem cartão.

Quantos dias demora para receber o seguro-desemprego?
A primeira parcela do seguro-desemprego 30 dias após a solicitação do benefício. Ao passo que, as demais parcelas são pagas no intervalo de 30 dias em relação à parcela anterior.

Para consultar a liberação do seu dinheiro, o cidadão pode acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital. Ao fazer o login, basta ir a aba de “Benefícios” e clicar em “Consultar” na parte relacionada ao seguro-desemprego. Nessa plataforma, é possível ainda solicitar o benefício.

Ademais, também há limites de prazos para dar entrada no seguro-desemprego e receber em conta digital; Confira os períodos para todos os casos:

  • Trabalhador formal: pode dar entrada do 7º ao 120º dia, contados da data de dispensa;
  • Empregado doméstico: pode dar entrada do 7º ao 90º dia, contados da data de dispensa;
  • Bolsa qualificação: pode dar entrada durante a suspensão do contrato de trabalho;
  • Pescador artesanal: pode dar entrada durante o defeso, em até 120 dias do início da proibição;
  • Trabalhador resgatado: pode dar entrada até o 90º dia, a contar da data do resgate.