Sisu: Ufba divulga edital com mais de 4 mil vagas em cursos de graduação

Sisu: Ufba divulga edital com mais de 4 mil vagas em cursos de graduação

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) divulgou a lista das vagas que serão preenchidas através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). São 4.492 possibilidades, em 88 cursos de graduação oferecidos pela instituição no primeiro semestre, e mais 1.532 vagas em 37 opções de curso no segundo período.

Para participar do processo seletivo 2020.1, o candidato deverá fazer a inscrição no Portal do Sisu, de 21 a 24 de janeiro. O Ministério da Educação (MEC) informou que o resultado será publicado no dia 28 deste mês.

O Sisu é o sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Quem tirou zero na redação ou ainda não concluiu o Ensino Médio não poderá concorrer as vagas pelo programa. Em 2019, o Enem teve 5,1 milhões de inscrições em todo o Brasil, sendo 395 mil apenas na Bahia. A abstenção foi de 23,1%. O resultado individual da edição de 2019 será divulgado no dia 17 de janeiro.

Vagas
Os cursos com o maior número de vagas para o primeiro semestre de 2020 na Ufba são BI em Humanidades em Salvador (Bacharelado/ Noturno), com 300 oportunidades, e BI em Artes em Salvador (Noturno), BI em Ciência e Tecnologia em Salvador (Noturno) e BI em Saúde em Salvador (Noturno), cada um com 200 vagas. Já as graduações com menos vagas são Biotecnologia (Noturno/ Salvador), Comunicação/ Jornalismo (Salvador), Comunicação/ Produção em Comunicação e Cultura (Salvador), Dança (Licenciatura/ Noturno), Fonoaudiologia (Salvador), Geofísica (Bacharelado/ Salvador), Geografia (Lic. e Bach/ Salvador), e Oceanografia (Bacharelado/ Salvador), com 24 vagas, cada um deles.

Mudanças
Quem pretende disputar uma das vagas dos cursos de graduação da Universidade Federal da Bahia (Ufba) através das cotas de renda oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) precisa redobrar a atenção. Este ano, a instituição vai adotar apenas o Cadastro Único para Programas Sociais (Cad Único) para a análise de renda dos candidatos. O programa é um instrumento do Governo Federal que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda.

Essa medida ajuda a reduzir a burocracia porque dispensa a entrega do conjunto de documentos comprobatórios exigidos em anos anteriores. Mas os candidatos que não possuírem esse cadastro não poderão se inscrever no Sisu Ufba utilizando as modalidades de cotas por renda per capita, de até um salário mínimo e meio.

Para se inscrever no Cad Único é preciso procurar um Centro de Referência em Assistência Social no município (CRAS) e solicitar o cadastramento. Serão registradas informações como características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras. O programa permite que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população.

A execução do Cad Único é de responsabilidade compartilhada entre o governo federal, os estados, os municípios e o Distrito Federal. Em Salvador existem 23 unidades.  Após o resultado do Sisu, o estudante terá que efetuar a Pré-Matricula Online através de um formulário no site www.ingresso.ufba.br. Essa fase da matrícula é obrigatória para todos os candidatos convocados.  Quem não preencher o documento perderá a vaga. Para aqueles que se auto declaram negros, será necessário participar da etapa de checagem da veracidade da autodeclaração como Pessoa Negra (Preta ou Parda), em data específica.

O edital divulgado pela Ufba estabelece que o candidato selecionado pela reserva de vagas (cotas), em qualquer modalidade, deverá comprovar também ter cursado integralmente todo o Ensino Médio em escola pública, em cursos regulares ou no âmbito da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA).