Pandemia altera cronograma de vestibulares pelo Brasil

Os transtornos gerados pela pandemia do coronavírus tem afetado o cronograma de vestibulares marcados para o meio do ano, os chamados vestibulares de inverno ou de segundo semestre. Com isso, os estudantes precisaram se readaptar a nova realidade e rever seus planejamentos.

Em levantamento realizado pelo G1, foi apontado que 16 de 31 universidades (14 públicas e 21 privadas) em 13 estados e Distrito Federal tiveram seu cronograma interferido em decorrência da pandemia. Entre as mudanças, está a alteração na data do vestibular, forma de seleção, oferta de vagas por meio do desempenho no Enem e até mesmo modificar o formato das provas para online.

Ao todo, pelo menos quatro processos seletivos foram suspensos (Universidade de Brasília, Universidade Estadual de Maringá, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Instituto Federal Fluminense) por causa da pandemia e três seguem com situação indefinida (Cederj, Universidade Feevale e Universidade do Estado de Santa Catarina).

Fonte: A Tarde