Mesmo com determinação do MEC, UFBA não retomará aulas em janeiro

O reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Carlos Salles, afirmou que a Universidade não retornará as aulas, mesmo após determinação do Ministério da Educação, que decretou hoje (2), no Diário Oficial da União, o retorno das aulas presenciais a partir do dia 4 de janeiro de 2021.

De acordo com ele, a decisão foi tomada pensando no “zelo e responsabilidade acadêmica e institucional”. Em nota, diz que “não colocará em risco a vida da comunidade, nem deixará de cumprir, com autonomia, sua missão própria de ensino, pesquisa e extensão” e reitera os termos da resolução 04/2020 da Ufba, que determina a continuação das aulas integralmente virtuais.

A deliberação do Ministério da Educação não considera dados epidemiológicos de cada região do Brasil e acontece justamente em momento de alta de casos no país.

*M1