Juíza determina retorno imediato de aulas presenciais nas escolas particulares da Bahia

REUTERS/Amanda Perobelli

O Sindicato das Escolas Particulares da Bahia ingressou com Ação Civil Publica visando ao retorno das aulas presenciais das escolas privadas na capital baiana. Concedida a liminar a juíza assim decidiu: “ o administrado não consegue compreender o porquê das praias, cinemas, shoppings, academias, praças, casas de espetáculo (…) estarem funcionando e as escolas continuarem fechadas.”

E completa: “ o gestor relega ao quarto plano o direito fundamental à educação e prioriza atividades de lazer e recreio.” Com essa decisão as escolas particulares poderão retomar as aulas presenciais nesta segunda-feira (15) de forma híbrida e facultativa dentro de todos os protocolos sanitários.

A Bahia é o único estado da federação sem previsão de data para retorno das aulas presenciais. Conheça o protocolo de retorno as aulas formulado pela Prefeitura de Salvador no link abaixo.
http://educacao.salvador.ba.gov.br/adm/wp-content/uploads/2021/02/Plano_de_Retomada_SMED_20210203.pdf

*A Tarde