Confira as regras para dar entrada na aposentadoria em 2021

Os trabalhadores que desejam se aposentar neste ano devem se atentar às regras do benefício. Antes de dar entrada na aposentadoria em 2021 é válido verificar os tipos de benefício, as regras de transição e o cálculo do valor. Bem como, separar documentos que comprovem as contribuições previdenciárias e conferir como fazer a solicitação pela internet. Confira então os critérios gerais para escolher a opção mais vantajosa.

Quais os tipos de aposentadoria disponíveis?

Para quem deseja dar entrada na aposentadoria em 2021, é válido conferir quais são os tipos de benefício disponíveis no INSS, de modo a solicitar o que melhor se encaixa em sua situação.

  • Aposentadoria por tempo de contribuição: neste tipo, o trabalhador pode obter o benefício ao comprovar um tempo mínimo de recolhimentos à Previdência Social. Há um período estabelecido para homens e outro para mulheres, e para as aposentadorias desse ano é necessário observar as regras de transição.
  • Aposentadoria por idade: neste tipo de aposentadoria , o trabalhador consegue obter o benefício ao atingir determinada idade, há uma idade definida para o homem e outra para a mulher, também é preciso observar as regras de transição em 2021. Além disso, é preciso cumprir o tempo mínimo de 15 anos de contribuições ao INSS.
  • Aposentadoria por invalidez: esse tipo é destinado aos trabalhadores que ficam permanentemente incapazes de trabalhar. O segurado deve passar por perícia médica para comprovar e o benefício é reavaliado a cada dois anos.
  • Aposentadoria especial: esse tipo de aposentadoria é voltado para os segurados que trabalham expostos a agentes nocivos à saúde em níveis de exposição acima dos limites estabelecidos em legislação própria. O trabalhador consegue se aposentar ao cumprir 25, 20 ou 15 anos de contribuição, variando de acordo com agente nocivo.

Além desses quatro principais tipos de aposentadoria mencionados, também há a aposentadoria para o trabalhador rural, que conta com regras específicas. Há ainda critérios de benefício voltados para professores e pessoas com deficiência.

Quem tem direito a se aposentar em 2021?

A partir da reforma da Previdência de 2019 foram estabelecidas regras de transição para obter o benefício. A cada ano essas regras se modificam, por isso é preciso se atentar às mudanças para dar entrada na aposentadoria em 2021.

No caso da aposentadoria por idade, a regra é a adição de seis meses a cada ano para as mulheres, de modo a chegar em 62 anos em 2023. Então, neste ano de 2021, para se aposentar por idade as mulheres devem ter o mínimo de 61 anos. Para os homens, a idade é de 65 anos. Além disso, como já mencionado, é preciso ter ao menos 15 anos de contribuição.

Já em relação à aposentadoria por tempo de contribuição há quatro regras de transição. Uma delas é o sistema de pontos, em que o trabalhador deve alcançar uma pontuação com a soma da idade e anos de contribuição para ter direito ao benefício. Neste ano, as mulheres devem atingir 88 pontos, e os homens, 98.

Outra regra da aposentadoria por tempo de contribuição prevê idade mínima menor para quem tem muitos anos de contribuição ao INSS. Nessa regras de idade mínima progressiva, se acrescenta seis meses a cada ano até atingir 62 anos de idade para mulheres e 65 anos para homens. Em 2021, a idade mínima é de 57 anos para mulheres e 62 anos para homens. Também é preciso atingir o tempo mínimo de contribuição de 30 anos para as mulheres e 35 anos para homens.

Ademais, há as regras de pedágio de 50% e 100%. Em que o trabalhador deve trabalhar o tempo que faltava para se aposentar quando a reforma entrou em vigor, somado a mais metade desse período (pedágio de 50%) ou dobrar esse prazo (pedágio de 100%).

Qual o valor do benefício?

Outro fator importante para dar entrada na aposentadoria em 2021 é entender como é calculado o valor do benefício.

A partir da reforma da Previdência, ficou estabelecido que a média salarial levará em consideração todos os salários de contribuição do segurado a partir de julho de 1994. Esse valor servirá de base para o cálculo do benefício.

Nota-se então, que ao cumprir o tempo mínimo de contribuição de 15 anos, o trabalhador tem direito a receber 60% da média salarial ao se aposentar. Para as mulheres essa quantia sobe 2% ao ano a partir desse tempo mínimo. Já para os homens, há o acréscimo de 2% a cada ano a partir dos 20 anos de contribuição.

É possível dar entrada na aposentadoria pela internet?

Os trabalhadores podem dar entrada na aposentadoria em 2021 pela internet. Para isso, é preciso acessar o site ou aplicativo Meu INSS. Ao efetuar o login com CPF e senha, a orientação é clicar em “Agendamentos/Solicitações” e depois em “Novo Requerimento”. Após isso, já será possível iniciar a solicitação.

Nessa plataforma, também é possível fazer uma simulação de aposentadoria, para verificar se já tem direito e qual o valor. Para isso, basta clicar em “Simular aposentadoria” na tela inicial.

*DCI