Mulher que segurou filha de 15 anos para parceiro estuprar é condenada

Uma mulher que segurou a filha de 15 anos para que seu parceiro pudesse estuprá-la deve cumprir pena de sete anos de prisão. O crime aconteceu em Queensland, na Austrália.

Segundo o site News Mail Australia, o caso, de abril do ano passado, gerou comoção em todo o país. A mulher de 36 anos despiu a vítima, apesar de a adolescente pedir ajuda e chorar.

O casal foi considerado culpado das acusações des estupro em tribunal. O juiz responsável pelo caso, Michael Shanahan, afirmou não ver diferença entre segurar e cometer o estupro. Ele julgou que hoube “ruptura substancial da confiança entre a filha e a mãe.” (Notícias ao Minuto)