Sobe para 29 o número de mortos em incêndios na Austrália

O número de mortos nos incêndios florestais da Austrália subiu para 29. Neste domingo, 19, foi confirmada a morte de um homem de 84 anos, que estava internado em Sydney com queimaduras graves.  Ele estava hospitalizado desde 31 de dezembro por causa de queimaduras sofridas nos incêndios no vilarejo de Cobargo. O incêndio na localidade, que tinha 776 habitantes, também matou outras duas pessoas, pai e filho, de 63 e 29 anos, respectivamente. As informações são da Agência Brasil.

Neste domingo, a chuva e queda de temperatura estão ajudando os bombeiros a conter dezenas de focos ativos dos incêndios em Vitória e Nova Gales do Sul, o estado mais afetado pelo fogo e onde 21 mortes foram registradas.

Desde que começaram, em setembro, os incêndios nas áreas verdes da Austrália devastaram uma área de mais de oito milhões de hectares, o equivalente ao tamanho da Irlanda. Mais de 2.000 residências foram afetadas e até um bilhão de animais teriam sido afetados, de acordo com a estimativa de ambientalistas australianos.