Caminhoneiro irritado “passa por cima” de Ferrari de R$ 1,6 mi do chefe

Você já ficou bravo com alguma coisa no trabalho? Certamente já. Mas poucas vezes um empregado fez algo tão inconsequente devido a um problema profissional. Não se sabe bem a circunstância, mas um motorista de caminhão destruiu a Ferrari GTC4Lusso de seu patrão, no valor de aproximadamente R$ 1,6 milhão. A identidade das pessoas envolvidas e o que levou ao acidente de fato ainda é desconhecido. O que se sabe é que foi na cidade de Chicago, nos Estados Unidos.

De acordo com relatos ainda não confirmados, o caminhoneiro teria tido um pedido de um novo caminhão negado. “Foi prometido a este motorista um caminhão 2020, mas ele não estava produzindo o suficiente para obter um caminhão 2020, então o patrão lhe negou o caminhão. Ele ficou bravo e bateu o caminhão no carro dele com raiva. Eu vi o vídeo real com voz e está no vídeo todo o incidente”, escreveu uma pessoa com as iniciais C.B. em uma postagem no Facebook da página United Truckers.

Outro motorista de caminhão, com as iniciais VF, escreveu: “eles acordaram em um novo caminhão para o motorista, mas ofereceram a ele um Volvo 2019 usado e ele se recusou a dirigir. Ele pediu por um modelo 2021, começou a gritar com todo mundo e, depois de alguns minutos, dirigiu o caminhão até o proprietário da empresa que estava na frente de sua Ferrari. Ele tentou mata-lo.” Aparentemente a empresa em questão se chama Surehaul. Entretanto, contatada por veículos de imprensa dos EUA, tudo foi negado, apesar das imagens.