Embaixada da China alerta para pneumonia ‘mais letal do que coronavírus’ no Cazaquistão

A embaixada da China no Cazaquistão fez um alerta, na noite de ontem (9), para que seus cidadãos tomem precauções contra um surto de pneumonia que atinge país e, segundo a entidade, é “mais letal do que o coronavírus”.

Em comunicado, o órgão informou que houve um “aumento significativo” de casos nas cidades de Atyrau, Aktobe e Shymkent desde meados do último mês. “A taxa de mortalidade da doença é muito maior do que a da pneumonia causada pelo novo coronavírus”, afirmou.

Ao todo, a doença ainda não especificada já matou 1.772 pessoas no Cazaquistão, na primeira metade do ano, com 628 óbitos somente em junho. Entre eles, cidadãos chineses faleceram.

*M1