Terceiro suspeito de ataque terrorista que matou baiana na França é preso

 

Um homem foi preso na França nesta sexta-feira (3o/10) por ligação com o ataque terrorista que matou três pessoas a facadas em Nice, na última quinta-feira (29/10). Ele seria o terceiro suspeito detido pela polícia. Uma das vítimas é a baiana Simone Barreto Silva, que morava na França há 30 anos.

De acordo com o que disse o promotor-chefe do núcleo anti-terrorista francês a Reuters, o principal suspeito pelos ataques é um homem de 21 anos da Tunísia, que chegou à França em setembro. Além de Isabel, o sacristão da igreja também foi morto e uma terceira mulher, não identificada, foi degolada dentro na igreja de Notre-Dame, em Nice. Este foi o segundo ataque a faca na França em apenas duas semanas.

SUSPEITOS

No mesmo dia do crime, um homem de 47 anos foi detido por supostamente ter entrado em contato com o tunisiano, principal suspeito do crime. No dia seguinte, um homem de 35 anos, residente de Nice, suspeito de ter encontrado com o principal suspeito um dia antes do ataque, também foi preso. As autoridades falam ainda de um homem que foi baleado pela polícia e segue em estado crítico no hospital, mas não informam se é o Tunisiano ou outro suspeito.

Fonte: G1