Trump tem ‘melhora substancial’, mas não está fora de perigo, diz boletim

Um novo boletim sobre a saúde de Donald Trump foi divulgado na noite de ontem (3) pela equipe que cuida do presidente dos Estados Unidos, internado no Centro Médico Militar Walter Reed desde sexta-feira (2), após ser infectado pela Covid-19.

O documento, escrito pelo líder da equipe de médicos da Casa Branca, Sean Conley, afirma que Trump teve “uma melhora substancial, embora ainda não esteja fora de perigo”.

Segundo o boletim, o presidente tomou uma nova dose do antiviral remdesivir e continua sem febre e sem oxigênio suplementar, com um nível de saturação entre 96% e 98% o dia todo. O comunicado ainda informa que Trump passou a parte da tarde trabalhando, levantou e se movimentou pela suíte sem dificuldade, mas a equipe continua “cautelosamente otimista”.

Ontem, o presidente americano divulgou um vídeo nas redes sociais onde agradece a equipe do hospital onde está internado e diz que o “teste real” acontecerá nos próximos dias, com o monitoramento de seu estado de saúde.

Metro1