Cuba diz que terá vacina própria contra Covid-19 em seis meses

Cuba poderá imunizar toda sua população contra o coronavírus com uma vacina própria no primeiro semestre de 2021 – afirmou o diretor do Instituto Finlay de Vacinas (IFV), Vicente Vérez Bencomo.

O país está em capacidade “para imunizar a população cubana contra o vírus SARS-CoV-2 no primeiro semestre de 2021”, garantiu Vérez, citado nesta terça-feira (29) pelo jornal oficial Granma.

Vérez fez a afirmação diante do presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, durante uma visita ao IFV, onde duas vacinas candidatas contra a covid-19 são elaboradas: Soberana01 e Soberana02.

As “soberanas avançaram significativamente no ensaio clínico: a 01 vai terminando a Fase 1, e a 02 entra na Fase 2”, informou Vérez.

Ele destacou que as duas vacinas demonstraram confiança em relação à segurança e à resposta imunológica, mas “a Soberana 02 em específico, por suas características, mostrou uma resposta imunológica precoce (aos 14 dias), o que permite passar para a Fase 2 de ensaio clínico mais rapidamente”.

Fonte: Brasil 247