Mãe, pai e os três filhos morrem de Covid-19 após mulher esconder resultado positivo

Imagem ilustrativa. Foto: Divulgação/ Gov. Ma

Uma mulher, de 36 anos, escondeu da família que havia contraído a Covid-19. Dias depois, morreram ela, o esposo e três filhos. O caso aconteceu na Venezuela.

Verónica havia feito um teste rápido e o resultado deu positivo para a doença. Com medo de compartilhar a informação aos familiares, ela manteve o resultado em segredo e decidiu se isolar em casa.

Três dias depois ela fez o teste tipo PCR e recebeu o mesmo resultado positivo. Em seguida ela deu início a um tratamento médico. Alguns dias depois, o esposo estava em uma festa familiar quando recebeu a ligação de Verónica.

“Ele estava bebendo quando recebeu a ligação da esposa, em que dizia para voltar para a casa e não dividir nada com ninguém, porque ela tinha covid”, disse Mariela García, irmã de José, em entrevista ao La Nacion.

Ele e os filhos, um de 17 anos e outros dois de 4 anos, fizeram o teste. Os resultados foram negativos para a Covid-19. Eles foram orientados a procurar um posto de saúde para impedir avanço da possível doença.

No início de janeiro o quadro de Verónica piorou, todos os cinco integrantes da família fizeram o teste PCR e todos tiveram resultado positivo.

No dia 18 de janeiro, a mulher, que pegoou pneumonia durante a infecção, morreu vítima da Covid-19. No dia seguinte, o esposo também morreu. Pouco tempo depois o quadro do adolescente piorou e ela morreu no caminho para o posto de saúde.

Posteriormente, os irmãos gêmeos de 4 anos tiveram piora, foram diagnosticados com broncopneumonia, e acabaram morrendo.

“É importante que todas as pessoas estejam vigilantes. Os membros das famílias têm que tomar cuidado para não dar beijos e abraços dentro de casa. Sem beijos, sem nada. Ao apresentar sintomas, procure atendimento médico urgente, aplique o tratamento médico a tempo. Não deixe os dias passarem”, alerta a irmã do José.

*VN