Ataque aéreo mata três pessoas e deixa 17 feridos em maternidade ucraniana

ataque

Um ataque aéreo russo a uma maternidade localizada no Porto da cidade de Mariupol, na Ucrânia, deixou três mortos, incluindo uma criança, e feriu cerca de 17 pessoas. A informação foi revelada pela prefeitura da cidade, nesta quinta-feira (10).

O presidente da Ucrânia, Volodymir Zelensky, apelou, em discurso durante a madrugada, para o ocidente impor sanções mais severas após o ataque, para que a Rússia “não tenha mais nenhuma possibilidade de continuar esse genocídio”.

Mulheres esperando para dar à luz, médicos e crianças ficaram soterradas nos escombros após o bombardeio. De acordo com a imprensa local, bombas também caíram em dois hospitais localizados em outra cidade ao oeste da capital Kiev.

A Organização Mundial da Saúde revelou que 18 ataques a instalações médicas foram contabilizados na invasão russa, que já dura mais de duas semanas. (Bahia.Ba)