Mulher engole chip de rastrear cachorro ao comer espetinho de carne

Mulher engole chip de rastrear cachorro ao comer espetinho de carne
Foto: reprodução

Um simples ‘espetinho de carne’ virou um dos assuntos mais repercurtidos nos últimos dias no Chile. Tudo começou quando uma menina passou mal após comer o petisco numa rua em Santiago.

A história, no entanto, ganha outro rumo após a menina ser levada ao hospital e os médicos descobrirem o verdadeiro problema: um chip de rastreamento em seu estômago. A descoberta levantou a suspeita de que a garota havia ingerido carne de cachorro.

O caso ganhou grande repercussão depois que a mãe da jovem relatou o ocorrido nas redes sociais. O texto chegou a ser compartilhado no Facebook pela vereadora Michelle Tabilo Gatica e não demorou muito até que uma denúncia fosse encaminhada ao conselho municipal.

“Solicitei fiscalização de alimentos no comércio ilegal, mas, como recomendação, não comam nada na rua, e por favor cuidem dos seus animais de estimação”, escreveu Gatica em seu perfil na rede social. Posteriormente, a apuração do caso concluiu que a carne ingerida era de fato de um cachorro.

A vereadora solicitou uma “inspeção de alimentos no comércio ilegal” com o objetivo de resolver este problema que não afeta apenas o município em questão. Uma operação foi realizada pela prefeitura para fiscalizar o comércio local.

 

*AratuOn