“OVNIs são uma ameaça em potencial para a segurança nacional”, diz deputado dos EUA em audiência

“OVNIs são uma ameaça em potencial para a segurança nacional”, diz deputado dos EUA em audiência
Foto: reprodução

Uma audiência para discutir questões de segurança em relação a Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) será realizada nesta terça-feira (17) na Casa dos Representantes dos Estados Unidos, onde legislam os deputados do país.

A reunião foi comissionada pelo Comitê da Casa de Inteligência. O deputado do Partido Democrata do estado de Indiana, André Carson, que lidera o subcomitê responsável pela audiência, afirmou na abertura da sessão que “essa audiência e nosso trabalho de observação tem uma ideia central: Fenômenos Aéreos Não Identificados são uma ameaça em potencial à segurança nacional, e precisam ser tratados dessa forma.”

Para legisladores e agentes da inteligência, a maior ameaça representada pelos OVNIs não é a possibilidade de vida extraterrestre, e sim de um avanço tecnológico significativo de um adversário diplomático como a Rússia ou a China, que permita que esses países invadam o espaço aéreo americano e passem despercebidos.

Entre os depoentes estão Ronald Moultrie, subsecretário de inteligência e segurança da Defesa dos EUA, que supervisiona o grupo de Identificação de Objetos Aéreos e Gerenciamento de Sincronização do departamento, e Scott Bray, vice-diretor de inteligência naval.

Carson também disse que “por muito tempo, o estigma associado a Fenômenos Aéreos Não Identificados impediu boas análises de inteligência. Pilotos evitavam reportar, e eram caçoados quando o faziam. Oficiais do Departamento de Defesa dos EUA delegaram o problema para o quarto dos fundos, ou os colocaram embaixo do tapete completamente, com medo de uma comunidade de segurança nacional cética.”

“Hoje, sabemos melhor. Fenômenos Aéreos Não Identificados não podem ser explicados, é verdade. Mas são reais. Eles precisam ser investigados, e qualquer ameaça que impõem deve ser mitigada”, ele disse.

A pauta será amplamente baseada em um relatório divulgado em 2021 pelo governo dos EUA, que detalhou 144 observações de OVNIs pelo exército americano desde 2004.

As investigações sobre os fenômenos não encontraram evidências de que representavam nem vida extraterrestre, nem um avanço tecnológico importante de adversários exteriores como a Rússia ou a China, mas reconhecem que essa é uma explicação plausível.

O relatório marcou uma das primeiras vezes em que o governo dos EUA reconheceu publicamente que as observações de objetos aéreos desconhecidos por pilotos da Marinha e outros valem o escrutínio.

Esforço considerável

Ronald Moultrie, subsecretário de inteligência e segurança da Defesa dos EUA, mostrou vídeos e imagens para retratar a aparência geral da aparição de OVNIs, e os esforços realizados na tentativa de identificá-los.

Em um dos vídeos mostrados, havia imagens de formas triangulares piscando, com a aparência de terem sido observadas através de óculos de visão noturna. Logo após, ele mostrou imagens de observações similares sete anos depois da primeira ocorrência, em uma costa diferentes.

“Dessa segunda vez, outras técnicas da Marinha dos EUA observaram outros sistemas aéreos não tripulados na região, e estão confiantes de que esses triângulos estão relacionados com sistemas aéreos não tripulados na área”, disse.

Ele ainda afirmou que não sugere que todos os fenômenos possam ser identificados, mas que há um esforço considerável para entender os exemplos coletados.

*CNN