230 brasileiros estão retidos na África do Sul após descoberta da variante ômicron do coronavírus

A embaixada brasileira em Pretória e o consulado-geral do Brasil na Cidade do Cabo emitiram nota informando que 230 brasileiros estão retidos na África do Sul. Mais de 70% destas pessoas estão na capital, Cidade do Cabo.

Voos partindo do país foram cancelados após a descoberta de uma nova variante do vírus causador da Covid-19. A portaria nº 660, publicada pelo governo federal no último sábado, restringe a chegada de aviões vindos da África do Sul, de Botsuana, de Essuatíni, do Lesoto, da Namíbia e do Zimbábue.

Segundo a nota da embaixada brasileira, não há razão para que as companhias aéreas impeçam o embarque dos passageiros e está fazendo o possível para viabilizar a viagem daqueles que já têm passagem comprada.

O ministério da Saúde sul-africano divulgou um relatório divulgando 2.273 novos casos da doença e 25 mortes no país. Na noite de domingo, o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, fez um pronunciamento em televisão pedindo que os demais países voltem a aceitar a chegada dos voos que partem do sul do continente africano.

Fonte: Mais Brasil