Carlos Bolsonaro cobra STF após polêmica com Zé de Abreu

abreu

O ator José de Abreu, de 75 anos, e o filho “Zero Dois” de Jair Bolsonaro (PL), o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) trocaram farpas na web após comentários ofensivos envolvendo a saúde do presidente feitos pelo artista no Twitter. A discussão, que começou na segunda-feira, 3, continuou nesta terça-feira, 4, com Carlos Bolsonaro pedindo que houvesse punição pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Tudo começou quando Zé ironizou a internação de Jair Bolsonaro (PL), que trata uma nova obstrução intestinal no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após passar uma temporada de férias em Santa Catarina. Nesta terça-feira, foi divulgado que ele não precisará fazer uma nova cirurgia.

“Que prazer que sinto ao saber que o filho da p*** passa mal. Mata seu povo por omissão e leva castigo de volta: que exploda em me***”, escreveu José de Abreu, que atualmente está na novela da Globo “Um Lugar ao Sol”, no papel do empresário Santiago.

A partir daí, Carlos Bolsonaro saiu em defesa do pai e, em tom de ironia, questionou membros do Supremo Tribunal Federal (STF) e checadores do Twitter sobre a mensagem do ator. “Seria esse mais um exemplo do ódio do bem? Só gostaria de ler a resposta para a questão”, escreveu.

Na manhã desta terça-feira, José de Abreu voltou a criticar Bolsonaro e sua família nas redes sociais.

“Quem produziu quatro filhos bandidos não fui eu. Os meus quatro são honestos, trabalham na iniciativa privada e não tem mansões nem rachadinhas”, rebateu o ator no Twitter.

Ainda nesta terça, o artista chamou o presidente de “entupido” e “tosco”.

*Atarde