SAJ: Sede do Ministério Público do Trabalho é inaugurada

SAJ: Sede do Ministério Público do Trabalho é inaugurada

 

A nova sede do Ministério Público do Trabalho, do município de Santo Antônio de Jesus, foi inaugurada nesta quinta-feira, 28, numa solenidade que reunião autoridades do Estado e do Recôncavo baiano.

Em entrevista ao reportér Itajay Júnior, a coordenadora do MPT de Santo Antônio de Jesus, dr. Raquel Abreu Neta, afirmou que a nova unidade da procuradoria irá proporcionar melhores condições de trabalho para todos os servidores, além de garantir à sociedade uma melhor prestação de serviço público. “Vamos poder exercer o nosso papel constitucional”, disse.

SAJ: Sede do Ministério Público do Trabalho é inaugurada
(Foto da Inauguração da MPT de SAJ)

A unidade atende a todos os requisitos de acessibilidade e de funcionalidade exigido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O prédio de três módulos térreos foi erguido em terreno localizado no centro da cidade, próximo ao principal shopping da região e de outros órgãos públicos. A cessão do terreno, que já pertencia à União foi obtida após negociação com a Superintendência do Patrimônio da União, que aproveitou para também regularizar a cessão de uma área contígua à prefeitura para a realização de grandes festas, a exemplo do tradicional São João de Santo Antônio de Jesus. Nos 2.200 metros quadrados, foi possível construir um prédio capaz de atender a todas as necessidades de procuradores e servidores que atuam na unidade, além de garantir amplo estacionamento.

“O Ministério Público do Trabalho de Santo Antônio mais estruturado, é a certeza de que nós teremos a legislação trabalhista respeitada, porque a finalidade do MPT é preservar e fiscalizar a legislação trabalhista”, afirmou o prefeito de SAJ, Rogério Andrade.

O MPT em Santo Antônio de Jesus atende à população de 45 municípios do recôncavo e baixo sul da Bahia, abrangendo desde Conceição da Feira à Iguapiúna e do litoral até Brejões e Amargosa. Atualmente dois procuradores estão lotados na unidade, Raquel Freire Neta e Marcelo Travassos. Eles atuam principalmente no setor de comércio, que é a atividade econômica predominante na região, embora ainda haja grande número de postos de trabalho nos setores agrícola e na indústria. Uma das principais preocupações do MPT na região é com a produção de fogos de artifício, hoje bastante pulverizada em pequenas unidades, mas que ainda apresenta grande índice de informalidade, o que impacta na pouca atenção para condições de saúde e segurança do trabalho.

Confira as fotos da inauguração:

0d24b193-8b18-4b22-8c42-82fa7df55742
1ed5af2b-ca83-4f12-bac9-3b0c358b383d
2c1280aa-409e-41b9-a340-bc5a8d893d62
2f7dc96a-aafe-4bd3-9d1c-161d62b378e5
05a2bad7-ea29-44dc-96b9-1088f3d35413
30ce2d2d-7d73-4581-8a9e-ff37a41cec09
87f336d9-81ff-4a5f-b6b9-72afbf7cd4d1
444cf242-238e-4a8a-8900-68d3cf174110
1919c447-0fc7-4a65-8572-7707c4bd4bd3
5567b31a-f651-4c2c-a394-d1e7973deb55
6465e39f-6c9e-4ff3-ba3b-ddcc356a94ee
d02da125-038a-4315-a85f-a43b905a3ba0
ddac0241-c767-4078-a9d2-7d1d504e8d27
e0d32e57-7802-45cb-ae07-9216e9255f08
f6b84d31-8bfc-4f40-95fc-706eb3507dc6

 

*Informações do reportér Itajay Júnior e do site da MPT