Coronavírus: Preço do álcool em gel chega a dobrar na Bahia: “O dinheiro fala mais alto do que a empatia”

Coronavírus: Preço do álcool em gel chega a dobrar na Bahia: “O dinheiro fala mais alto do que a empatia”

A procura pelo álcool em gel e máscaras tem aumentado cada vez mais em Santo Antônio de Jesus e em todo Brasil. Apesar de o município não ter nenhum caso confirmado de coronavírus, as pessoas estão buscando se prevenir da contaminação. Entretanto, devido à busca ser grande, alguns estabelecimentos comerciais estão abusando do preço do álcool em gel. Ao Blog do Valente, uma internauta que é professora relatou que foi comprar um vaso de álcool em gel de 400ml e se assustou com o preço de R$ 30,00. “Quando fui questionar sobre as máscaras descartáveis responderam que era artigo de luxo e que não estava acessível para “pobre”. Acho isso um absurdo, todas as farmácias que consegui encontrar oferta de álcool em gel estão com o mesmo valor. Cadê o Procon e os demais órgãos responsáveis? ”, questiona. Outro internauta relatou que nesta segunda-feira (16), foi comprar o álcool em gel e, após procurar em vários lugares, só encontrou em uma farmácia, mas o preço que antes era R$ 9,90 passou a ser R$ 24. “Só 500g de álcool em gel que nem era 70. É revoltante! Parece que tem pessoas que gostam de se aproveita da insegurança ao meio ao pânico que está no mundo, ver que tem pessoas que ainda querem lucrar em cima disso. Infelizmente, o dinheiro fala mais alto do que a empatia ao próximo”, salientou. Em alguns supermercados já não é possível encontrar mais álcool em gel nas prateleiras.

A Bahia registra 13 casos confirmados de coronavírus até a manhã desta terça-feira (17), segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Os principais sintomas do vírus são nas vias respiratórias, semelhante a uma gripe, mas com dificuldade para respirar, podendo causar infecção no trato respiratório. Uma das formas de prevenção é a utilização do álcool em gel, principalmente na rua, e em casa fazer a higienização com água e sabão. Já a máscara deve ser utilizada principalmente se houver o contato com aglomerações e multidões, bloqueando a infecção pelo ar.

Saiba como denunciar: 

O Departamento Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) orienta que as pessoas denunciem estabelecimentos que estejam vendendo álcool em gel por preço abusivo. Para realizar uma denúncia de maneira correta no Procon, você terá que apresentar dados e documentos pessoais, como: nome, endereço, RG e/ou CPF, telefone para contato…E também apresentar informações da possível irregularidade sofrida por você, tais como nota fiscal, contrato do serviço prestado, cupom fiscal, folheto publicitário, o próprio produto ou a embalagem, carnê ou boleto, ou até mesmo filmagens e fotos que comprovem a veracidade de tal queixa. Depois de uma denúncia, o Procon BA emite um ¨ato de constatação¨ ao fornecedor, que é um aviso que existe algum tipo de irregularidade na empresa, a fim de esperar reparos da mesma em relação a infração. Esse reparo tem um prazo para ser realizado, caso contrário, tal irregularidade pode ser considerada infração grave, então é emitido o ¨auto da infração¨, que dá início ao processo administrativo. Entre as sanções que podem ser aplicadas pelo Procon BA estão as multas, apreensão ou inutilização do produto, fechamento da empresa ou comércio, intervenções de propagandas, entre outras formas. Para você fazer denúncias via oProcon da Bahia, basta enviar um e-mail para [email protected], ligar para (71) 3322-5275, ou comparecer pessoal no atendimento do Procon.