Não é só Covid! Alguns bairros de SAJ estão com números alarmantes de casos de dengue

Não é só com o coronavírus que temos que nos preocupar. Diante da pandemia, muita gente esqueceu da dengue que teve um aumento de 33,8% na Bahia. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, até o dia 16 de maio foram registrados 41.411 casos de dengue. No mesmo período em 2019 foram 30.943. Na Bahia, 79 municípios vivem em nível de epidemia para a dengue, sendo Barra do Rocha, Marcionilio Souza e Uibaí as três cidades mais afetadas. Santo Antônio de Jesus aparece na lista também com notificações. De acordo com o secretário de saúde, Leandro Lobo, os bairros mais afetados são Urbis 4 e São Benedito, “A gente vai esquecer da dengue, zika? Não fiquem só preocupados com o Covid, a Urbis 4 está com números alarmantes. Tem gente que está com sintomas de dengue achando que é covid”, disse na coletiva de imprensa. Ele anunciou uma força tarefa no enfrentamento a dengue nesta semana.

A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais. Os sintomas mais leves são confundidos com gripe, enquanto os sintomas mais graves pode levar à morte. Entre eles podemos destacar a dor de cabeça forte, dor nos olhos, febre alta, dor muscular, fraqueza e cansaço, náuseas, perda do paladar e do apetite. Se você suspeita de dengue, vá direto ao hospital ou clínica de saúde mais próxima.

A melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, eliminando água armazenada que podem se tornar possíveis criadouros, como em vasos de plantas, lagões de água, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafas.

Roupas que minimizem a exposição da pele durante o dia – quando os mosquitos são mais ativos – proporcionam alguma proteção às picadas e podem ser uma das medidas adotadas, principalmente durante surtos. Repelentes e inseticidas também podem ser usados, seguindo as instruções do rótulo. Mosquiteiros proporcionam boa proteção para aqueles que dormem durante o dia, como bebês, pessoas acamadas e trabalhadores noturnos. (Saúde.gov)

Cuidados para prevenir a dengue

 

*Blog do Valente