SAJ: Após rachadura no solo, alguns moradores do Cidade Nova II irão para aluguel social

As fortes chuvas desta quarta-feira (24), provocaram rachaduras de aproximadamente 40 metros de extensão  no solo próximo do Conjunto Residencial Cidade Nova II, em Santo Antônio de Jesus.

Como medida preliminar de segurança, os moradores de 3 blocos de apartamentos foram retirados das casas. A Secretaria de Assistência Social montou uma comissão com um representante de cada bloco para identificar e auxiliar os moradores que necessitarem de aluguel social.

Em outra frente de trabalho, representantes da Defesa Civil e das secretarias de Infraestrutura e Serviços Públicos, isolaram a área atingida e entraram em contato com a empresa FCK, construtora do empreendimento, que enviou um engenheiro para fazer uma análise técnica. O Banco do Brasil, agência seguradora da obra, também foi informado da situação.

Em entrevista ao Programa do Valente, a Secretaria de Infraestrutura, Sônia Fontes, falou que esteve no Cidade Nova 2 e constatou o risco para as pessoas que moram próximo ao local “O que entendi naquele momento era de recuar com as pessoas do local para que de agora a gente possa fazer uma análise melhor da ocorrência”, explicou.

A secretária ressaltou que a área foi isolada, pois existem os curiosos. “Mas a gente não sabe, em termos de subsolo, como está se comportando aquele terreno, quanto a capacidade de infiltração que ele tem, para a gente deixar as pessoas circularem. Recorrido a emergência, nós vamos começar tomar as providências mais técnicas”, ressaltou.

Ainda segundo a secretária, algumas pessoas preferiram ir para casas de parentes e outras ficaram em uma escola próxima. “Elas mesmas, porque foi criada uma comissão, estarão procurando imóveis para que a Secretaria de Assistência Social possa adotar um sistema de aluguel social, que é bem típico para esse tipo de emergência”, concluiu.