SAMU 192, completa 9 anos de excelência em atendimento de urgência e emergência em SAJ

Há 9 anos atuando em Santo Antônio de Jesus o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 presta atendimento de urgência no município em outras 32 cidades da região, em sua grande maioria presenciais.

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos, o coordenador médico da unidade de urgência, Dr. Ricardo Coleone disse que para garantir maior agilidade no atendimento, hoje existe duas Unidades avançadas, em Santo Antônio de Jesus e em Cruz das Almas, além das unidades básicas.

O SAMU realiza atendimentos de Urgência e Emergência desde traumatismos, violências e acidente, a pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC), emergência e urgência psiquiátrica, cuidados cardiovascular, cerebrovascular e traumatológico, entre outros.

“O paciente recebe o primeiro atendimento pela equipe de suporte avançado ou básico, todos com suporte médico através do 192. Antigamente, sem esse recurso, os pacientes eram socorridos de forma improvisada agravando muito mais seu trauma. Hoje o SAMU trouxe benefício a esse tipo de situação”, pontuou Dr. Ricardo.

Nesses anos de história santoantoniense, o SAMU realiza cerca de 250 atendimentos mensais em livre demanda com atendimento 24h.  Para Moacy Figueredo, coordenador Técnico, pela quantidade de atendimentos e demanda, a Unidade precisa de mais uma equipe, entre o pessoal médico, administrativo e suporte. Para isso é necessária autorização do Ministério da Saúde.

“Aguardamos a autorização do Ministério para poder aumentar o nosso efetivo”, acrescentou.

Uma das coisas que mais atrapalha o atendimento do SAMU são os trotes. De acordo Dr. Ricardo, quando alguém passa um trote está gastando combustível, ocupando o veículo em uma viagem desnecessária e comprometendo o empenho da equipe em outras ocorrências. “É um desgaste muito grande para os profissionais. Hoje esse tipo de situação é bem menor, devido a alguns procedimentos técnicos que fazemos durante o primeiro atendimento. O que gostaríamos mesmo é de zerar esse tipo de situação”, declarou.