SAJ celebra dia da poesia com arte nas ruas

WhatsApp Image 2021-03-11 at 19.35.58 (4)
WhatsApp Image 2021-03-11 at 19.35.58 (5)
WhatsApp Image 2021-03-11 at 19.35.58 (6)
WhatsApp Image 2021-03-11 at 19.35.58 (7)
WhatsApp Image 2021-03-11 at 19.35.58 (8)
WhatsApp Image 2021-03-11 at 19.35.58 (9)

No próximo domingo (14) é comemorado o dia da poesia, mas quem ganha o presente são os cidadãos santoantonienses e visitantes da cidade polo do Recôncavo. O projeto “Poesia na Rua” vem espalhando mensagens de poemas em muros da cidade agregando poesia e pintura na mesma manifestação artística.

De acordo com a secretária municipal de Cultura, Silvia Brito, “a iniciativa tem como objetivo levar um pouco de cor e inspirar bons sentimentos num momento tão difícil para a nossa cidade e para toda a humanidade. São pequenos trechos de poesias, como pílulas, para ajudar a vencer o desânimo provocado pelo longo período de pandemia.”, destaca.

O projeto integra estrofes de antigos e novos poetas santoantonienses ao talento de jovens pintores e atores, unindo diferentes linguagens e expondo a diversidade cultural do município.

“A arte, com suas cores e formas, nos inspira a seguir em frente, com a esperança de dias melhores e mais saudáveis.”, acrescenta a titular da pasta e uma das idealizadoras da ação.

Fazem parte da execução do Poesia na Rua, além da secretária Silvia Brito, o diretor de Cultura Ney Dunningham e sua equipe. Os pintores dessa primeira etapa do projeto, são: Hariel Christian, Uemerson Kaique, Joelson Amaral, Hard, Nath, Laila Morgana, Laiana Vieira, Eric Murii, David Neves e Vitória Tosta. Os atores Caetano Galvão, Valdelice Costa, Benicio Lira, Fátima Carvalho e Isadora Silva atuam no recital dos versos.

Centro Cultural se veste com poesia de Pedro Kilkerry

Temporariamente, o Centro Cultural se vestiu com as cores do artista Joelson Amaral para representar um trecho do poema Evoé, de Pedro Kilkerry. Advogado, negro, poeta reconhecido nacionalmente, Pedro Kilkerry é um orgulho para Santo Antônio de Jesus, que o reverencia com o painel provisório no berço da sua cultura, o Centro Cultural.