SAJ: médico diz que SAMU já compareceu três vezes para atender jovem com esquizofrenia no Cocão, “É caso de Assistência Social e CAPS”

Moradores do Cocão reclamam da falta de atendimento do SAMU ao jovem com esquizofrenia. Ao Programa Levante a Voz, na manhã desta quinta-feira (11), os moradores relataram que desde às 04h, o jovem estava com ataques de epilepsia.

“O rosto dele está roxo, língua enrolada, todo duro e gemendo. Já deu várias convulsões, já fomos na casa dos parentes, ninguém apareceu. Não podemos fazer nada. O SAMU disse que já vieram ontem à noite. Um parente disse que ele finge ter crise, mas como vai fingir desse jeito?”, disse.

O médico intensivista do SAMU, Dr. Ronaldo explicou que a equipe do SAMU já compareceu ao local três vezes nessa madrugada, inclusive com ambulância avançada.

“Os moradores dizem que tem hora que ele está de uma forma, depois já está de outra forma. Já foi várias vezes para o hospital, fugiu de lá. Ele é muito agressivo, é um caso de assistência social, juntamente com a polícia, com o CAPS e não com a gente”, pontuou.