SAJ:ONG Amo Animais diz que prefeitura não repassou recurso acordado; prefeitura diz que previsão de pagamento é até próxima sexta

A coordenação da ONG Amo Animais afirma que a prefeitura de Santo Antônio de Jesus não passou o dinheiro do acordo. Ao repórter Tino Alves, Cíntia Leal relatou que a ONG fez uma tabela mostrando que precisava de R$ 18.500 para 75kg de ração, funcionários e demais despesas, mas, a prefeitura fez o acordo de R$ 15 mil e até o momento não repassou o valor.

“Cordelia vai sempre lá falar com eles e dizem que vai sair, mas já tem quase 2 meses. Estamos nos mantendo com a ajuda da população. É muito difícil esse tipo de trabalho.  Ficamos tristes porque as pessoas nos cobram, não recebemos nada desses R$ 15 mil, até a gasolina que usamos para resgatar os animais é nossa. Só em fevereiro e março recolhemos 50 animais, sendo 6 cadelas paridas”, disse.

A prefeitura emitiu uma nota onde afirma que o repasse do recurso de R$ 15 mil esta garantido. Segundo a prefeitura, a demora no repasse se dá devido a trâmites burocráticos.

Leia abaixo a nota da prefeitura:

“Nota de esclarecimento: repasse financeiro à AMO Animais está garantido

Previsão de pagamento é até a próxima sexta (09)

A Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus (PMSAJ) vem, por meio desta, informar que o repasse do recurso de R$ 15 mil mensal está garantido à ONG AMO Animais. O processo de pagamento está em tramitação e cumpre rito previsto.

Existem procedimentos praxe na gestão pública para repasse de valores e a coordenadora da ONG, Cordélia Queiroz, tem ciência de todos os trâmites burocráticos necessários para o empenho financeiro.

O representante da AMO Animais já assinou o termo de fomento e o prefeito, Genival Deolino, também. O documento segue em despacho interno para setor de pagamento que cuidará do repasse direto à instituição.

Em tempo, a PMSAJ reitera seu compromisso com o bem estar social de forma a assegurar o acordo de cooperação junto à ONG que executa importante papel na sociedade santoantoniense com resgate e cuidado de animais em situação de rua.

Ascom PMSAJ”