Dr. Everaldo faz criticas a administração e prega descentralização dos locais de vacinação: ‘As pessoas estão saindo de madrugada para se vacinar no centro’

Everaldo faz criticas a administração e prega descentralização dos locais de vacinação

Dr. Everaldo Júnior foi o convidado do Programa do Valente desta quarta-feira (040 e mais uma vez fez cobranças à administração municipal. Everaldo chegou a afirmar que a gestão já sofre sua primeira ação Civil Pública, movida pelo Ministério Público, por superfaturamento em licitações.

Um dos pontos exibido por Everaldo, são as obras na cidade sem placas de identificação.

“O cara que ganha a eleição acha que tem a chave da prefeitura no cós e pode fazer o que quiser. A população tem direitos e precisa saber qual a força de seu voto”, disse.

Nos últimos dias, a saúde pública foi bastante questionada e gerou debate também na Tribuna da Câmara, como a falta de médicos e medicamentos e as filas que se formam no entorno da Central de Marcação.

Everaldo criticou também a forma como a pandemia está sendo tratada na cidade, ao que indicou que há um sistema negacionista envolta na secretaria de saúde.

“Não há planejamento. Faço essa cobrança desde a gestão passada, porque sabemos do perigo que é a doença e que ela não se manifesta igual para todos”, pontuou.

O ex- candidato criticou ainda a forma com que o processo de vacinação está acontecendo e garante que a descentralização, dos locais onde a vacina está sendo aplicada, beneficiaria a população e evitaria aglomeração.  E reforça que os imunizantes sejam aplicados nos postos de saúde de cada bairro.

“As pessoas estão saindo de suas casas de madrugada, da Urbis 3, do bairro São Paulo, para se vacinar no centro. A única coisa que mudou foi tirar da porta da secretaria e colocar num lugar privado”, completou.