A quem interessa o sucateamento dos Órgãos Municipais na área do São João / antiga LBA? – Por Hélio de Aguiar

são joão

 

Informações oficiais dão conta que em breve é intensão do Governo Federal a venda de áreas da União a exemplo da área do São João pertencente a extinta LBA.

Coincidentemente a Gestão Municipal tem esvaziado vários órgãos públicos municipais daquele espaços publico, que a União fez a cessão de uso para o Município de Santo Antônio de Jesus.

Deixa imóveis púbicos vazios, abandonados e sucateados para pagar alugueis caros aos amigos e correligionários políticos do prefeito.

Qual o real interesse em remover órgãos e serviços públicos municipais, da área da antiga LBA?

Desativaram o PA Covid para ser implantado um ambulatório para atendimento gripais em imóvel de aliado político.

A área do São João sem utilidade pública, facilita a União agilizar a venda, inclusive tem um grupo de empresários que alegam a compra da mencionada área, estando com ação judicial para fazer valer a aquisição do imóvel junto à herdeiros antigo donatário para a Legião da Boa Vontade.

Antes lá funcionava a Policlínica Municipal Dr Antônio Albuquerque, o Centro de Convivência dos Idosos, a Central de Marcação e a Creche Municipal Criança Feliz.

Misteriosamente o Centro de Convivência do Idoso amanheceu em um feriadão destruído por um incêndio.

Quanto o município está pagando de aluguel para a Nova Central de Marcação?

Quanto se paga mensalmente pelo novo aluguel do Gripário Municipal?

Quanto se paga por mês em aluguel para o Cento de Convivência do Idoso?

Hoje órgão público municipal tem apenas a creche em funcionamento.

O Sucateamento da área da Antiga LBA parece ser intencional, maldoso, orquestrado e com objetivos poucos honestos.

Sucateamento e desmonte para atender a interesses particulares e empresariais de quem mesmo?

 

 

 

 

 

 

Hélio de Aguiar

Professor, historiador e ex-secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente