Mais de 6.800 pessoas ainda não sabem ler e escrever em SAJ

Foto: Ilustrativa

O Censo Demográfico 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que 8,2% da população de Santo Antônio de Jesus ainda não sabe ler ou escrever, o que representa 6.850 pessoas. Este número caiu em relação ao último censo, em 2010, quando a taxa era de 12,4% (8.630 pessoas em números absolutos).

Segundo a supervisora de comunicação do IBGE, Mariana Viveiros, em entrevista ao Blog do Valente, todas as cidades da Bahia apresentaram essa queda. No entanto, o estado ainda é o que possui maior quantidade de pessoas analfabetas e ocupa a 9ª maior taxa de alfabetização no país.

Com este número, Santo Antônio de Jesus é a 16ª cidade mais alfabetizada do estado. Salvador, a capital do estado, ocupa a primeira posição.

“Mesmo sendo um polo de educação, tem uma questão histórica no desafio ao analfabetismo. Na Bahia como um todo, a gente tem que 6 a cada 10 pessoas analfabetas tem 55 anos ou mais de idade. Então mesmo sendo um polo educacional hoje, a gente tem uma herança da falta de acesso à educação, que se torna cada vez mais difícil de resolver”, disse Mariana, sobre Santo Antônio de Jesus e região.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia