Zé Barbeirinho supera mais um desafio de 110 km, correndo de Gandu para SAJ

O atleta acumula mais de 500 km corridos

Zé Barbeirinho
Foto: reprodução/Zé Barbeirinho

No último final de semana, a maratonista Zé Barbeirinho superou mais um desafio em sua jornada inspiradora. Enfrentando chuva, escuridão e cansaço, ele completou a rota de 110 km entre Gandu e Santo Antônio de Jesus, correndo com determinação e força de vontade.

Apesar do atraso na partida devido à forte chuva, Zé e sua equipe mantiveram o foco e a positividade. Adaptando-se às condições adversas, realizaram paradas estratégicas para massagem e hidratação, recuperando o tempo perdido e garantindo a segurança do atleta.

“Estava previsto para a gente sair de Gandu às 5 horas da tarde, mas devido à chuva, porque choveu bastante, nós saímos uma aproximadamente umas 18 horas. Tivemos uma grande dificuldade que foi o encostamento, bastante água e a gente, com medo de um acidente, pisar em falso e cair, e não completar o percurso. A chuva passou, a gente começou a aumentar um pouquinho e graças a Deus que faltando 10 min para as 9h no domingo, nós chegamos aqui em SAJ,” disse Zé Barbeirinho.

 “Eu Acredito que uma mais ou menos umas 10 a 12 paradas rápidas para massagem e hidratação da gente, para não perder muito tempo e recuperar o tempo perdido,” disse Zé.

O maior desafio, segundo Zé, foi na saída de Gandu, onde o tempo nublado e chuvoso gerou dúvidas e incertezas. No entanto, ele superou os pensamentos negativos e abraçou o desafio com entusiasmo e determinação, demonstrando a força mental e a resiliência que o caracterizam.

“Quando eu cheguei estava tudo nublado e chovendo, fiquei preocupado de não dar início ao meu desafio. Aí me passou algo assim negativo na minha cabeça, mas, ao mesmo tempo, eu me entusiasmei, porque desafio é desafio. A gente tem que superar essas dificuldade e graças a Deus que do meio para o fim melhorou mais,” disse o atleta.

Ao longo do percurso, Zé contou com o apoio fundamental de sua equipe, incluindo Miguel, que correu e pedalou ao seu lado, Tony, que correu 22 km, Jaques, seu filho, Mateus, seu genro, e o motorista da Secretaria de Esportes. A união e o trabalho em equipe garantiram a segurança e o bem-estar do atleta durante toda a jornada.

Com a conquista dos 110 km entre Gandu e Santo Antônio de Jesus, Zé Barbeirinho acumula mais de 500 km em seus desafios.

“Não contei ainda não, mas tá chegando mais de 500km. O primeiro foi 83km Caixa Prego, segundo Ilha de Itaparica, que foram mais de 100km, o terceiro foi 115 de Feira de Santana. O quarto foi 95 de Milagres e esses 110 kg,” finalizou Zé Barbeirinho.

 

 



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia