Esteroides provocam danos a longo prazo nos testículos, alerta estudo

© iStock

Homens que usam esteroides anabolizantes podem prejudicar a sua função testicular por anos, mesmo após pararem de tomar as drogas, alerta um novo estudo que incluiu fisiculturistas amadores, reporta a CNN.

Embora os dados apurados sugerirem uma “disfunção testicular de longa duração”, ainda “não está claro se o uso ilícito de esteroides anabolizantes causa um comprometimento duradouro ou mesmo persistente da produção de testosterona nos testículos”, afirmou o autor do estudo, Jon Rasmussen, cientista do Rigshospitalet, um hospital especializado afiliado à Universidade de Copenhagen, na Dinamarca.

De acordo com o especialista, os esteroides anabolizantes são variações sintéticas, isto é, concebidas em laboratório, do hormônio sexual masculino testosterona. Sendo que a utilização desses esteroides artificiais prejudica o eixo hormonal hipotálamo-hipófise-gonadal, que por sua vez interrompe a produção testicular de testosterona e prejudica a fertilidade.

O estudo, divulgado no The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, acompanhou 132 homens entre 18 e 50 anos que praticam musculação de maneira amadora. Os indivíduos dividiram-se em três grupos: os que nunca tomaram, os que estavam atualmente usando e os ex-usuários de esteroides anabolizantes que haviam parado aproximadamente há três anos de usar aquelas drogas.

Conforma explica a CNN, como os índices de testosterona variam ao longo do dia, os investigadores utilizaram um novo marcador para determinar a falta de função testicular chamada valor sérico, semelhante à insulina 3 (INSL3), um hormônio produzido pelas mesmas células nos testículos que produzem a testosterona.

Comparativamente aos que nunca usaram, os homens que usaram esteroides tinham concentrações muito mais baixas de INSL3. Entretanto, quanto mais tempo os homens usavam esteroides, menores eram os valores.

“Uma das principais conclusões do estudo é que os ex-usuários de esteroides anabolizantes ainda apresentam disfunção gonadal mais de dois anos e meio após o fim do uso”, referiu Rasmussen.

“O estudo é importante para confirmar o que os médicos que cuidam de pacientes já sabiam – o uso a longo prazo de esteroides anabolizantes pode suprimir a função testicular, e mesmo quando esses homens parem de usar esteroides anabolizantes, a recuperação da função testicular pode ser incompleta ou pode não ocorrer”, acrescentou.

*Notícias ao Minuto