No mês da mulher, mastologista alerta sobre a importância dos exames de rotina

Foto: Blog do Valente

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos,  a Dra. Cláudia Magnavita Mastologista da Clínica  AMO, falou sobre como a pandemia tem afetado os cuidados preventivos com a saúde, principalmente com a saúde das mulheres.

“Muita gente deixou de cuidar de outros aspectos da saúde para se prevenir contra o coronavírus. Então as pessoas deixaram de sair de casa, deixaram de fazer seus exame de rotina porque a gente vai vivendo a pandemia, com isso a saúde é prejudicada de outras formas. As outras doenças não esperam.  A vida está acontecendo”, explicou.

A mastologista fez questão de ressaltar a situação das mulheres que não têm  cuidado como deveriam, excepcionalmente da saúde da mama.

“Estamos vendo um montante maior de mulheres com diagnostico de câncer de mama que poderia ter sido diagnosticado mais precocemente, diagnostico de alguns nódulos que precisariam ser avaliados, isso sem falar em outros problemas de saúde. As pacientes têm chegado com exames extremamente atrasados, que tem parado de fazer atividade física, estão bebendo bebidas alcoólicas, ou fumando, comendo mal, e agente precisa atentar para a saúde da mulher”, alertou.

Dra. Cláudia ainda falou que há estatísticas indicando que o número de mamografias realizadas em 2020 ficou abaixo do esperado.

“Já temos estatísticas do número de mamografia que está abaixo. Acredito que algo em torno de 60% abaixo do esperado. A maioria das mulheres não fez o exame de mama ano passado”, disse salientando que estudos mais detalhados devem ser feito a respeito do assunto.