Pandemia da Covid-19 faz SUS cortar 1 milhão de cirurgias eletivas

De acordo com levantamento com base em informações registradas do Datasus, o Sistema Único de Saúde (SUS) realizou, em 2020, quase 1 milhão de cirurgias a menos do que em 2019, uma queda de 20% no período. A redução está associada ao tratamento de doentes acometidos pela Covid-19.

Foram 4 milhões de procedimentos no ano passado, ante 5 milhões em 2019. As chamadas cirurgias eletivas, que não são emergenciais, tiveram a maior queda: 41% na comparação com 2019. Os procedimentos emergenciais recuaram 4,6%. Com o avanço da pandemia, muitos hospitais suspenderam ou reduziram as cirurgias eletivas a fim de centralizar recursos (leitos, pessoal, medicamentos) no atendimento à população contaminada pelo coronavírus.

A expectativa é a de um cenário ainda pior no primeiro semestre deste ano, com hospitais em colapso tanto na rede pública quanto na privada. Na rede privada, por exemplo, a queda nos procedimentos eletivos também ficou em aproximadamente 40%, segundo a Federação Brasileira de Hospitais (FBH).

*Atarde