Planos de saúde podem ser obrigados a cobrir testes de Covid-19

Planos de saúde podem ser obrigados a cobrir testes de Covid-19

A Comissão de Atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde Suplementar (Cosaúde), criada pelo governo federal para dar suporte à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), recomendou após a sua primeira reunião, que os planos de saúde cubram os testes rápidos para detecção da Covid-19.

As recomendações do colegiado são encaminhadas à ANS. Caso sejam aprovadas, devem ser incorporadas à lista de procedimentos obrigatórios e, posteriormente, colocadas para consulta pública.

De acordo com a proposta, o teste de antígeno teria cobertura obrigatória para pacientes com Síndrome Gripal ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), entre o 1º e 7º dia depois do início dos sintomas.

A reunião contou com a participação de representantes da AMB, CNS, CFO, Cofem, FBH, CMB (Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas), CNC (Confederação Nacional de Comércio), Fenasaúde (Federação Nacional de Saúde Suplementar), Unidas (União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde) e outros.

A Unimed e especialistas da própria ANS sugeriram mudanças que vão ser observadas e a a partir daí, a comissão deve estabelecer uma nova diretriz e submeter o documento final à direção da agência.