Salvador: prédio desaba, mata criança e deixa soterrados após chuva forte em Pituaçu

A chuva que atingiu Salvador e Região Metropolitana na manhã desta terça-feira (13) provocou uma morte na Rua Alto de São João, em Pituaçu. A vítima fatal, de acordo com a Defesa Civil de Salvador, morreu após desabamento de um prédio de três andares na localidade quando o imóvel desabou às 6h.

Além da vítima fatal, segundo moradores, é Robert de Jesus, de 12 anos. Uma mulher de 35 anos com ferimentos leves na face foi socorrida com vida assim como uma menina de 11 anos com traumatismo craniano leve. A mulher e a menina foram levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE).

Segundo testemunhas, quatro pessoas ficaram soterradas. Vizinhos tentaram retirar as vítimas dos escombros desde os primeiros momentos após o desabementocom auxílio dos bombeiros e de socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Defesa Civil de Salvador recebeu 22 solicitações em função das chuvas entre a noite de ontem e a madrugada de hoje. Entre as solicitações estão um rompimento de pista, quatro deslizamentos de terra, nove alagamentos de imóveis, um desabamento de imóvel, dois alagamentos de área, um destelhamento e um galho de árvore caído. Já choveu nas últimas horas mais de 50% do previsto para o mês de março. Qualquer emergência a população deve ligar para o telefone 199.

A previsão é que o tempo fique instável até a próxima quinta-feira (15).

Trânsito e chuva 
O trânsito ficou lento nas principais avenidas da cidade por  conta do acúmulo de água. Na Avenida Jequitaia, um ônibus perdeu o controle e subiu no canteiro, derrubando parcialmente um poste. Um poste também caiu sobre carros no bairro do Marback. A queda comprometeu o fornecimento de energia elétrica.

Na Estrada do Derba, BA-528, houve um deslizamento de terra e uma árvore obstruiu a via no sentido Base Naval, após o Hospital do Subúrbio.

Na Avenida Luís Viana Filho, a Paralela, o trânsito é bastante lento no sentido Centro.

A Rua dos Voluntários da Pátria, no bairro do Lobato, ficou alagada.

*Correio